Empresa que atua no mercado de seguros é alvo de operação da PF

08/07/2016 / Fonte: G1

Uma empresa que atua no mercado de seguros na região sudoeste da Bahia é alvo de uma operação da Polícia Federal nesta quinta-feira (7).

De acordo com a PF de Vitória da Conquista, estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão na cidade de Brumado. A “Operação Sinistro” apura a atuação ilícita da empresa.

Segundo polícia, empresa não possui autorização da SUSEP para atuar. Um dos proprietários teria construído um hotel e adquirido propriedades.

Segundo a PF, além de não ter autorização do órgão competente Superintendência de Seguros Privados (Susep) para atuar nessa atividade, a empresa não arcava com os ônus devidos e típicos das entidades seguradoras. Por esse motivo, a empresa conseguia praticar preços e condições que estariam prejudicando e até inviabilizando a atuação das entidades seguradoras estabelecidas regularmente, bem como a lavagem dos valores obtidos mediante essa atividade ilegal.

De acordo com a PF, com os valores obtidos por meio da comercialização ilegal de seguros, um dos proprietários da empresa teria construído um hotel e adquirido diversos veículos e propriedades.

Segunda as investigações, apesar da empresa ter sido proibida permanentemente, por decisão judicial, de comercializar, realizar oferta, veicular ou anunciar, por qualquer meio de comunicação, qualquer modalidade de seguro, em todo o território nacional, foi constatado pela PF que a ordem foi desobedecida e a empresa continuou a operar ilegalmente.

A Polícia Federal informou que os investigados responderão pela prática de operar sem a devida autorização de instituição financeira e lavagem de dinheiro, previstos no  art. 16 c/c art. 1º, I, ambos da Lei nº 7.492/86 e no art. 1º da Lei nº 9.613/97.

 

 

ANS autoriza reajuste de até 14,01% para planos de saúde contratados até 1998

img ANS
05/07/2016 / Fonte: Extra Globo

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) limitou os índices máximos a serem aplicados aos contratos de planos de saúde individuais antigos, contratados antes de janeiro de 1999, de quatro operadoras que assinaram Termos de Compromisso (TC). A medida afeta cerca de 316.920 beneficiários de planos de saúde de determinados planos antigos das seguintes operadoras: Amil, Bradesco Saúde, Sul América e Itaúseg Saúde.

Segundo a agência reguladora, a medida atinge apenas 0,65% do total de beneficiários de planos de assistência médica no Brasil. O maior reajuste será para a Amil Assistência Médica Internacional, em que 17.779 beneficiários terão aumento de até 14,01%. Já o limite autorizado para as demais operadoras foi de 13,47% e afetará 154.632 clientes da Sul América Companhia de Seguro Saúde, 133.775 beneficiários da Bradesco Saúde e 10.735 clientes da Itaúseg Saúde.

Caso as operadoras ultrapassem os percentuais definidos, estão sujeitas a autuações e multas. Será permitida cobrança retroativa de até dois meses, se houver defasagem entre a aplicação do reajuste e o mês de aniversário do contrato. Por exemplo: se o aniversário do contrato é em junho e o reajuste for aplicado em agosto de 2016, será permitida a cobrança retroativa no próprio mês de agosto e no mês de setembro dos valores que não foram aplicados nos meses de junho e julho.

Com Uber, seguro do carro fica até 50% mais caro

uber

 

21/06/2016 / Fonte: MotorShow

Levantamento comparou as diferenças no valor do prêmio de um mesmo modelo para uso pessoal ou profissional

Pensa em cadastrar o seu carro particular em um aplicativo de caronas pagas? Então é melhor preparar o bolso. Um levantamento realizado pelo site de cotação e venda de seguros ComparaOnline aponta diferenças de até 50% no valor do prêmio entre um veículo de passeio e outro cadastrado em serviços como o Uber, BlaBlaCar e Cabify.

Essa variação foi a constatada para o Toyota Corolla, apontado pelo site como o modelo com maior número de cotações para uso nesses serviços de transporte. O valor médio do prêmio passou de R$ 4.359,45, como veículo de passeio, para R$ 6.574,70, como veículo de trabalho.

A pesquisa encontrou variações expressivas também para outros modelos populares nos serviços Uber X e Uber Black, de acordo com o banco de dados da ComparaOnline. O seguro para o Nissan Sentra variou 46% (de R$ 4.344,95 para R$ 6.371,31). Já o prêmio do Chevrolet Onix aumentou 22% para os motoristas dos aplicativos (R$ 1.306,28 para R$ 1.606,25). O seguro dos modelos Fiat Palio Essence, Honda Civic e Renault Sandero variou 19%, 16% e 8%, respectivamente.

 

Nota Nossaseg: alterar o uso do veiculo de particular para Uber tem efeitos no contrato do seguro . Recomendamos aos clientes informarem para que um ajustamento da apolice se proceda adequadamente ,evitando transtornos no momento de indenizações

Página 18 de 85« Primeira...10...1617181920...304050...Última »

Sem anúncio

%d blogueiros gostam disto: