Proteção veicular: Susep volta a intimar associações

17/08/2016 / Fonte: CQCS

susep3-300x169A Susep publicou edital no Diário Oficial da União, nesta terça-feira (16/08), intimando a Unibras – Associação de Autoproteção, Assistência 24h e Benefícios, que se encontra em local incerto e não sabido, a alegar o que entender, a bem de seus direitos, no prazo de 30 dias, em face da representação por atuar como seguradora sem a devida autorização legal, sob pena de os fatos narrados no processo em referência serem julgados sem as referidas alegações.

O edital, assinado pela Coordenação de Fiscalização de Conduta da autarquia, informa ainda que, acolhidas as razões da representação, a associação estará sujeita à penalidade de multa prevista na legislação.

Foi informado ainda que o processo se encontre à disposição na sede da Susep (Av. Presidente Vargas 730 – Centro, Rio de Janeiro/RJ), no horário das 9h30min às 16h30min.

Seguro Auto Popular atrai todas as seguradoras, diz CNseg

fonte: cqcs

transito-400x225

 Todas as seguradoras têm interesse em comercializar o seguro popular para veículos. A afirmação é do presidente da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), Marcio Coriolano, para quem esse produto pode ajudar o mercado a minimizar os efeitos do cenário atual, marcado pela forte retração na indústria automobilística, que vem registrando queda de até 22,8% na produção de veículo.

Segundo ele, há a expectativa de que a Susep aprove o quanto antes mudanças na regulamentação do produto. A versão inicial não agradou as seguradoras. “Do jeito que estava, não ia funcionar”, observou.

Marcio Coriolano elogiou a consulta pública realizada pela Susep visando a mudar uma das questões que mais preocupavam o setor: a possibilidade de utilização de peças recondicionadas não originais.

Embora a autarquia não tenha demonstrado que irá alterar outros dois outros dois pontos questionados pelo mercado – a contratação do seguro para carros zero km e a livre escolha de oficinas -, o presidente da CNseg acredita que o mercado poderá resolver esse problema. “Uma boa estruturação do produto resolve isso”, destacou.

Novo superintendente da Susep é Corretor de Seguros

a 13720483_873764509433929_1249906113_o-349x265
26/07/2016 / Fonte: CQCS

O novo superintendente da Susep é o corretor de seguros Joaquim Mendanha. A nomeação para o cargo foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (26/07). Ele ocupará a vaga deixada por Roberto Westenberger, exonerado a pedido.

Presidente licenciado do Sincor-GO e diretor da Fenacor, Joaquim Mendanha de Ataídes, 48 anos, está há 29 anos no mercado de seguros.

Ele é graduado em Administração e Marketing pela então Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) e Master in Business Administration (MBA) em Seguros e Resseguros pela Escola Nacional de Seguros.

Habilitou-se corretor de seguros em 1989 e, desde 1997, desempenha também atividade de representação institucional junto ao setor.

De 1998 a 2000 foi 2º secretário na diretoria do Sincor-GO. Entre 2001 e 2003, ocupou a cadeira de 1º secretário e entre 2004 e 2006, 1º vice-presidente nessa entidade.

Em 2007, elegeu-se para seu primeiro mandato como presidente do Sincor-GO. Estava exercendo o seu terceiro mandato (gestão 2014-2017), até ser convocado pelo Governo para assumir o comando da Susep.

Desde 2001, ocupa funções na diretoria da Fenacor.

Sem anúncio