Fábrica de painéis solares

 

Dos acordos que o Brasil assinou ontem com a China, um dos que mais deve resultar em novos negócios dentro do Brasil é o que prevê construir, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção das Exportações e Investimentos (Apex), uma fábrica de painéis solares fotovoltaicos através da BYD Energy do Brasil.

Se a fábrica sair do papel (a China tem longa tradição de começar projetos de parceria com o Brasil e não realizar) será um marco. É que hoje, a importação das células para a construção de painéis fotorvoltaicos é um impedimento para que a indústria de geração de energia solar deslanche. No mercado de produção da célula existem apenas gigantes e, se o Brasil abrigar uma fábrica aqui, o setor pode catapultar suas atividades com implantação de milhares de parques.

Hoje, as empresas que produzem painéis solares tem que importar a membrana, o que acaba aumentando o custo. Se o projeto sair (a fábrica seria no Ceará) abre­-se uma nova perspectiva para a produção da painéis por dezenas de empresas que hoje importam do Japão, Alemanha e da própria China, que desenvolveu tecnologia.

Fonte: Jornal do Commércio

 

Nota da Diretoria, Antônio Medeiros:

A  utilização em maior escala da energia solar dentro da matriz energética do Brasil passa por um momento muito importante.
Sempre atenta a questão ambiental ,a Nossaseg acompanha a caminhada analisando previamente produtos de seguro que venham a atender as futuras necessidades em todo o processo e que vão desde cobrir riscos da construção, instalação, montagem e entrada em operação  de grandes e médios  empreendimentos, bem como as necessidades dos futuros usuários finais, sejam residencias ou comerciais, deste modelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: